PROJETO SEMENTEIRA ESPERANTO

1.Objetivos:

a) Criar no Colégio Estadual Rui Barbosa um núcleo de interessados em ampliar seus conhecimentos a respeito da Língua Neutra Internacional Esperanto ;

b)Desenvolver estratégias visando a atuação desse núcleo pioneiro na elaboração de outros projetos , com vistas à disseminação dos conhecimentos e experiências adquiridas no movimento esperantista.

2.Pessoal participante:
Voluntários do corpo docente, discente e administrativo do Colégio, representantes do círculo de responsáveis pelos alunos e convidados especiais.

3.Justificativas :
O redator deste texto, há cerca de 45 anos era um estudante de segundo grau, de um dos tradicionais educandários do Rio de Janeiro. Assoberbado com o acúmulo de matérias para estudo, submetido ao regime de semi-internato, quase não lhe sobrava tempo para outras atividades. Inesperadamente, um dos professores do seu colégio, distribuiu uma circular entre os alunos, esclarecendo em poucas linhas o que era o esperanto e acrescentando um pequeno questionário, à guisa de pesquisa de opinião, sobre o eventual interesse de participar de um curso de curta duração sobre a língua neutra internacional. Isto foi o bastante para que, logo em seguida, fosse programada a realização de interessantíssima palestra, tornando mais nítida a importância da adoção de uma segunda língua como instrumento de comunicação entre povos de idiomas diferentes. Pouco tempo depois eram organizadas duas turmas ,de 30 alunos cada, para o aprendizado dessa notável língua que é o esperanto.
O depoimento acima serve para mostrar que a iniciativa de um professor foi capaz de despertar um grupo de alunos para o estudo de um tema que não havia sido catalogado como importante para constar de um currículo, mas que, na realidade , nos últimos anos vem sendo reconhecido como extremamente útil devido ao seu valor propedêutico.
Por outro lado, vale ressaltar que decorridos mais de 45 anos ,o então colegial que fora apresentado ao esperanto, mantém o entusiasmo pela divulgação do que lhe fora ensinado e sente até hoje um incrível prazer em participar de projetos que estejam voltados para a construção de um mundo melhor. Quantos participantes do Projeto Sementeira Esperanto sentirão o mesmo prazer?

4. Desenvolvimento do Projeto:
a)Elaboração de um ou mais textos, fornecendo algumas informações sobre o esperanto.
b)Carta circular dando conhecimento da implantação do Projeto , incluindo uma pequena sondagem a respeito do eventual interesse em participar ativamente do mesmo.
c)Demais iniciativas passariam a ser objeto de discussões entre os voluntários que demonstrassem interesse em participar do projeto. Dentre as possíveis iniciativas, destacaríamos: proposta de uma palestra, proposta de curso , proposta de reuniões para debates, proposta de exposição de material etc.


Petrópolis-RJ, 01 de outubro de 1997.
Fernando José Galvão Marinho

Obs:
O texto acima foi apresentado, pessoalmente pelo seu autor, em 2.10.97, ao Diretor do Colégio Estadual Rui Barbosa,
Prof. Jelcy Rodrigues Corrêa Junior . A idéia foi considerada muito oportuna, tendo sido autorizado o desenvolvimento do projeto, a partir daquela data.


em construçãoNossa página está em permanente construção. Mas, o endereço eletrônico está sempre disponível . e-mail Aguardamos sua mensagem!
volta à pág. inicialvolta à pág.inicial

Bol.Inf.01